domingo, 2 de janeiro de 2011

Os objectivos do novo ano

Olá queridas leitoras,
pois é, começa amanhã um novo período para algumas de nós, e eu sei, eu sei o quão difícil pode ser falar nisso agora. No entanto há que encarar isto de uma outra forma. Tornar as coisas que nos parecem horríveis mais agradáveis pode ser uma tarefa difícil, mas compensa!


{~aurelique.tumblr.com}





Em termos de escola, por exemplo.
As notas do primeiro período não foram tão maravilhosas quanto esperavas?
No segundo período esforça-te para compensar.

É o ano de entrada na universidade, embora ainda falte tanto tempo?
Pode faltar tanto tempo mas sabes que esse tempo passa num instantinho. Para além disso, os resultados não são instantâneos, por isso se levaste o primeiro período a brincar, não te desleixes agora.

Define os objectivos que tens que alcançar, escreve-os num post-it e cola-os na parede onde tens a secretária. Assim obrigas-te a olhar sempre para eles quando estudas ou quando estás a ligar o computador para ir ao facebook.
Podes também definir as metas necessárias para os alcançar.


{~aurelique.tumblr.com}



É muito importante termos objectivos, a mim ajudou-me imenso, por exemplo na escola. Subi muito as minhas notas quando soube que curso queria tirar. Saber o que queremos obriga-nos a trabalhar para atingir o sucesso e a tirar partido do que alcançamos, o que é fantástico.

Aproveita os novos ares deste novo ano, toma balanço, respira fundo e realiza todas as ambições que terás que alcançar. Sempre com um sorriso na cara e, embora nem sempre a vida nos sorria, temos que ser sempre fortes e apoiar-nos nas pessoas que se preocupam connosco. E lembra-te, por vezes são os buracos em que caímos que nos fazem, para a próxima, contorná-los; por isso não tenhas medo de cair em buracos, desde que isso te faça ver as coisas numa outra perspectiva.

5 Opiniões:

patyfree26 disse...

Gostava que fizesses um balanço de 2010 do meu blog e respondesses à enquete neste post: http://belezaqb.blogs.sapo.pt/133860.html sff
Excelente ano!

http://belezaqb.blogs.sapo.pt/

Marta disse...

Estou no 12º ano e a passar por aquilo que muitos de nós não queremos. Ainda não decidi que curso tirar. =\
Torna-se muito mais difícil ter metas e objectivos. Não temos perante nós um certo patamar que temos que nos esforçar por atingir. Ao invés disso andamos um pouco à deriva.

Será que o Pontas podia, até ao final deste ano lectivo, ir dando ideias de cursos, áreas, saídas, médias?
É uma coisa um pouco complicada, mas acho que ia ajudar muitas de nós, eu inclusive.

innes disse...

Marta,
como deves saber, quatro autoras das Pontas, eu incluída, estamos no 12º ano também. Curiosamente em áreas diferentes: Eu e a Filipa em Ciências; a Ana em Artes e a Margarida em Humanidades, e todas nós estamos preocupadas com a média e com a universidade que se aproxima.
Gostei dessa ideia, vou falar com as outras autoras para ver se nos juntamos todas e fazemos um apanhado de isso que nos pediste :).

Beijinho e bom ano para ti *

Miiiii (: disse...

Olá querida, vim a primeira vez ao teu blog e adorei. Achas que Jornalismo tem saída? Eu sou um pouco tímida, por isso aparecer na tv, não :x Mas gostava imenso de reportagens e isso, o qe achas?

Ideias avariadas disse...

Miiii : Li o teu comentário e resolvi responder-te. espero que não leves a mal, já que não foi a mim que te dirigiste mas à criadora do blog.

Eu sou estudante do primeiro ano de jornalismo e digo-te: é um meio com tanta ou tão pouca saída como qualquer outro, por isso, se é mesmo o que gostas, que as saídas não sejam uma entrave. O mundo não é estático, a crise há-de passar :D.
Quanto ao assunto timidez: o jornalismo não é feito só na televisão, aliás, o melhor jornalismo é feito nas rádios ou nos jornais exactamente por a televisão ser um meio de extrema exposição (que leva a que o jornalismo se torne num "espectáculo" e não em informação). Para além do mais, já deves ter notado que as notícias televisivas são muito mais curtas que as escritas em jornais :)

Se precisares de mais algum esclarecimento, dentro do que eu puder, podes perguntar =D

Enviar um comentário